/*------------------- Blogger Theme by Bruna Borges - © 2013 (HTTP://ENDSTONIGHT.TUMBLR.COM/) Não se inspire ou Copie. Base: Minina ------------------------ */

27 de dezembro de 2014

Livro Chegando!

Como disse, vou postar um capítulo por dia, então vamos começar...
Escrevi com muito carinho e amor, tenha consideração, leia, critique ou elogie e me faça melhorar!
Beijinhos, boa leitura.

Capítulo 1

Um ano atrás...


    - Ele está olhando pra você! – disse.

Minha melhor amiga, tão apaixonada pelo cara mais popular e gostoso da escola,  Jake, eu pensaria que isso seria idiotice, se algumas semanas atrás eu não tivesse tido uma queda por ele, eu já o conhecia por vista mas ai foi a vez dela de conhecê-lo, desde então não parava de falar dele, fui me identificando com ele, gostando dele até eu levar um balde de água fria e descobrir que ele era um cachorro e ficava com qualquer menina bonita que aparecesse em sua frente mesmo estando namorando, mas parece que isso não bastou para ela.

   - É claro que ele não está, é mais provável ele estar de olho em você do que em mim.

   - Ai, meu Deus você é uma loira gostosa e se subestima tanto! – exclamei revirando os olhos.

   - Como se você não fosse!

Isso não é verdade, ou quase, minha família diz que eu sou bonita, minhas amigas o mesmo mas não era assim que eu me sentia, se eu fosse tudo isso eu chamaria a atenção de algum menino, não é mesmo? Nem mesmo garotos feios olham pra mim.

   - Isso é uma piada, eu não sou loira, tá? O meu tipo de louro é escuro aposto que ninguém me considera loira e muito menos gostosa.

   - Mas, que cacete, você acabou de me dizer que eu me subestimo e olha você ai. – ela disse com uma voz de desdém.

   - Que seja, mas eu aposto que ele tá olhando pra você, não pra mim, vocês dois tem mais momentos juntos do que eu, sabe, até mesmo eu conversar com ele sozinha, isso nunca rolou só aconteceu através do Facebook, duvido que ele se interessaria por mim, de qualquer forma você é que tá a fim dele.

   - Tá bom, vamos esquecer ele, eu quero saber quando você vai entrar no Rosy’s. – falou, toda animada.

O Rosy’s Club era um clube para adolescentes, próprio para fazermos atividades extracurriculares, Alice e nossas outras amigas do nosso “grupinho” eram de lá, todas as tardes elas se divertiam, eu não via a hora de entrar lá também, me divertir um pouco invés de ficar em casa, relendo meus livros preferidos ou reassistindo séries americanas, além disso só havia duas coisas que eu mais gostava, dormir principalmente ao som da chuva e tomar um delicioso Starbucks, apesar de ser um café americano, morar em São Paulo tinha suas vantagens.

  - Eu não vejo a hora de entrar lá também, eu já falei com minha mãe ela disse que até dezembro, ela me inscreve. – disse, sendo contagiada pela animação dela até me lembrar que Jake também era de lá.

  - Que foi? – perguntou, meio preocupada.

  -Nada, é só que ele também...

  - Isso não importa, eu quero fazer você se divertir mais, ignore ele como eu faço. – disse, me interrompendo, já sabendo o que eu ia falar.

  - Tem razão. – concordei, duvidando que ela realmente o ignorasse.

  -Ai, estão vocês duas.

Ouvi atrás de mim uma voz bem familiar, era Leila, uma de nossas amigas, a mais louca mas uma das mais divertidas, atrás dela Gaby e Thais.

  - Sobre o que vocês estavam falando? – perguntou Thais.

  - Sobre quando Drica vai entrar no Rosy’s. – respondeu Alice, antes mesmo de eu pensar.

  - E quando você vai entrar?

  - Provavelmente em Dezembro – disse, começando a me animar de novo.

  - Uhuu!!! – disse Thais, nos agarrando e fazendo pularmos de alegria.

  - Parem! – disse Leila, nos forçando a parar de pular.

  - O que foi? – perguntamos juntas.

  - Drica vai entrar, mas e eu?

A mãe de Leila, era muito super protetora, talvez por causa dos problemas que as duas passaram juntas em relação ao pai dela, por isso que mesmo que Leila possa sair pra onde ela quiser, não pode ir ao clube por a mãe dela não deixar, ela disse que acha que sua mãe pensa que ela quer ir pra lá só para ficar com um menino, o que eu acho muito ridículo já que as vezes Leila demonstra ser a mais estudiosa de nós, ela nem se quer pensa nisso.

  - Eu ainda não sei por quê sua mãe não deixa. – disse Gaby, meio confusa.

  - Se não podemos comemorar isso, então eu sei uma coisa que podemos. – falei.

  - O que?  – perguntou, Leila curiosa.

  - Estamos em novembro falta muito pouco para terminarmos a 8° e irmos para o ensino médio!!!

  - AAAAA! – gritaram as meninas, começando a pular de novo.

  - Nós vamos tocar o terror nos próximos anos, vamos ser as mais gostosas e populares do colégio, eu prometo. – falou Leila, com o maior sorriso que ela poderia estampar.

  - Não falando “tocar o terror” ninguém mais fala assim Leila. – disse Gaby

  - Aff, que seja! – fazendo todas nós rirmos.



 Espero que vocês tenham gostado, isso é só uma casquinha do que estar por vir...
Nome do Livro: Indefinido
Autora: Emily Oliveira
Gênero: New Adult (contém sexo e palavão pois é um NA)

Não copie, plágio é crime! 
Quer homenagear? Link o blog no seu, não copie o conteúdo sem autorização.